Na íntegra: Metropolitano de Marcas de Cascavel, 3/6

CASCAVEL – O Beto Borghesi já colocou no ar a edição de seu programa “Velocidade Máxima” em que apresenta, em VT, as corridas da categoria N que compuseram a terceira etapa do Campeonato Metropolitano de Marcas & Pilotos de Cascavel.

No caso da versão cascavelense, a categoria N – que ganhou grid próprio em 2015 – é composta por carros com motores carburados.

Essa é, na verdade, uma segunda metade de um post que não deveria ser fracionado, posto que na última semana já apresentei por aqui, pela mesma etapa, as corridas das categorias A e B.

Enquanto isso, a rapaziada do Metropolitano já vai se preparando para a quarta das seis etapas, confirmada para dia 12 de julho.

Sandero em cena

ANDRETACASCAVEL – Posso estar enganado, mas soa como feito inédito: um Renault Sandero na pista num campeonato de Marcas & Pilotos 1.6. E não poderia ser em outro lugar que não Cascavel. Felippe Andretta, de 17 anos, é quem vai escrever seu nome na história como primeiro piloto de um Sandero no automobilismo brasileiro. Com preparação da Stumpf Preparações, equipe do Muriel Stumpf e do Jorge Júnior, o carro será desembarcado nesta semana em Cascavel e poucos duvidam que esteja no grid já na quarta etapa do nosso Campeonato Metropolitano, marcada para o dia 12 de junho. Se não for na quarta, será na quinta. O primeiro layout, que o Teko da Adesitex deixou vazar, é esse aí acima. Pode até ser que mude, o que seria uma pena do ponto de vista estético – a primeira versão ficou bela e chamativa. O carro do Felippe, pelo que ouvi nos corredores do autódromo, seria um dos que a matriz produziu quando considerou criar um campeonato monomarca para substituir a Copa Clio, um dos melhores campeonatos que já vi. Mas a Copa Clio sucumbiu no fim da década passada e não foi substituída por série nenhuma. Que tenha um bom início no automobilismo, o Felippe. De modo ou outro, já chegou fazendo história.

Na íntegra: Metropolitano de Marcas de Cascavel, 3/6

GOIÂNIA – O Metropolitano de Marcas & Pilotos de Cascavel encerrou a primeira metade da temporada no último domingo no Autódromo Zilmar Beux.

A equipe Velocidade Máxima, coordenada pelo Beto Borghesi, produziu a corrida para exibição na lista de emissoras de televisão de seu círculo de parcerias. As duas provas do grid conjunto das categorias A e B já estão prontinhas para ir ao ar. O blog antecipa o resultado do trabalho.

A categoria N, que no caso do campeonato de Cascavel tem seu grid formado por carros carburados, estará produzida na versão para a tevê no início da próxima semana. Será compartilhada aqui, também, claro.

Na segunda etapa, vocês lembram, as corridas tiveram transmissão ao vivo pela CATVE – estão nesse link aqui, aos que queiram vê-las ou revê-las.

A quarta etapa do Metropolitano, vale lembrar, está confirmada para o dia 12 de julho.

Grid cheio no Centro-Oeste

CASCAVEL – Sempre comento por aqui algo sobre os campeonatos regionais de Marcas & Pilotos de Cascavel, até por estar relativamente perto das coisas que acontecem, e de São Paulo, onde a coisa anda meio parada por conta da reforma de Interlagos – mais uma, diga-se.

É que falta tempo para dar a devida atenção a quem faz o automobilismo acontecer, como é o caso da rapaziada de Goiânia. O Centro-Oeste de Marcas & Pilotos, que com a desativação da pista de Brasília tem todas as suas etapas na pista goiana. As duas próximas, compondo a quarta rodada dupla, vão acontecer domingo agora, dia 7. O grid tem mais de 40 carros nas categorias A, B e Novatos. O campeonato mantém uma página das mais bem feitas no Facebook.

Claro que Cascavel, como está prestes a dominar o mundo, também marca presença no Centro-Oeste. Nossa representação pelas bandas de lá estará mais uma vez a cargo da Paraguay Racing Team, braço da Stumpf Preparações. Os pilotos são o Odair dos Santos e o Thiago Klein, que fizeram relativo barulho em sua primeira participação em Goiânia, há um mês. O Klein, que frequentou o pódio de 3 de maio como quarto colocado, tenta manter a boa fase – duas semanas depois de correr lá pela primeira vez, ele foi segundo colocado na segunda etapa do Metropolitano cá de Cascavel.

Que tragam mais troféus, o Odair e o Thiago.

PY RACING TEAM

Tela veloz

TIKO 2CASCAVEL – A televisão é uma realidade irreversível no automobilismo e os campeonatos regionais, que sob vários aspectos são considerados “menores”, já entenderam esse recado. Exemplo claro disso é o Metropolitano de Marcas & Pilotos aqui de Cascavel, que terá as corridas de sua segunda etapa, neste domingo, mostradas ao vivo pela CATVE.

A transmissão vai começar à uma da tarde. Serão exibidas as duas corridas das categorias A e B, que compõem grid único, e também a segunda prova da categoria N, que em 2015 passou a ter vida e grid próprios – e que deve chegar a 20 carros nesta etapa.

A transmissão será disponibilizada simultaneamente na internet, pelo Portal da CATVE. A geração de imagens é da Master/CATVE, a mesma empresa que responde pelo trabalho em categorias como Stock Car, Brasileiro de Marcas, Brasileiro de Turismo, Fórmula 3, Mercedes-Benz Challenge, Porsche GT3 Cup, Moto 1000 GP e Fórmula Truck.

Padrão máximo de qualidade, portanto. Ponto para o automobilismo de Cascavel.

Disputa entre grandes

CASCAVEL – Bom momento do Festival Brasileiro de Marcas & Pilotos 1.6, que aconteceu no primeiro fim de semana de dezembro no Autódromo Internacional de Curitiba. Um pega, como dizemos, que mostra quão interessantes são as corridas desses campeonatos baseados no bom e velho automobilismo regional – embora, nesse caso específico, um título brasileiro estivesse em jogo.

Era a terceira e última bateria da competição. A disputa pela liderança mostra Marco “Tico” Romanini, de Cascavel, com o Renault Clio número 88, José Cordova, de Curitiba, com o Peugeot 207 inscrito com o número do modelo do carro, Gabriel Corrêa, de Goiânia, com o Ford Ka número 44, e Jorge Martelli, que é catarinense de Coronel Freitas, com o VW Gol número 87.

Romanini manteve a liderança da corrida em uma manobra de sucesso pouco provável diante da tentativa de ultrapassagem do experiente Cordova. A manutenção da liderança era suficiente para ele, meu conterrâneo cascavelense, repetir o título brasileiro que conquistou em 2009. Contudo, teve uma quebra de motor na segunda metade da corrida e estacionou. Martelli foi quem ganhou a corrida e Corrêa, o campeonato. Cordova e seu parceiro Marcos Ramos foram vice-campeões. Romanini foi o terceiro na pontuação final.

As imagens são do acervo do Deivicris de Cristo, do blog No Alto Giro.

Na íntegra: Copa Caçula de Pneus de Marcas & Pilotos, 6/10

CASCAVEL – Já está no ar, por assim dizer, a sexta etapa da Copa Caçula de Pneus de Marcas & Pilotos, provas que integraram o último evento do Campeonato Paulista de Automobilismo no dia 22 do mês passado.

A produção é do Marcos Moschetta, com minha narração.

O campeonato tem sequência neste fim de semana em Interlagos, com rodada dupla. As duas corridas da sétima etapa serão disputadas amanhã e as duas da oitava, no domingo.

Aos que quiserem ver ou rever as etapas anteriores, esse link aqui tem não só o VT da quinta etapa como também o caminho para as quatro primeiras. Simples assim.