Na íntegra: Império Endurance Brasil 2019, 1/8

CASCAVEL – Começou em alto nível a temporada de 2019 do Império Endurance Brasil. As Quatro Horas de Curitiba, no último sábado, mostraram ao público da categoria um novo e sólido momento da categoria, que absorve novos carros, novos pilotos e a coroação de toda a expectativa traçada nos últimos meses. Basta dizer que a diferença entre vencedor e segundo colocado, depois de uma tarde inteira de corrida, foi de três décimos de segundo.

Na transmissão ao vivo, experimentamos um formato incomum: em vez de um comentarista, tivemos vários, em sua maioria pilotos que estavam participando da corrida, uns deles antes de entrarem no carro, outros depois. Thiago Marques, Andersom Toso, Marcello Sant’Anna e David Muffato estiveram ao meu lado em algum momento da prova. Os jornalistas Glauce Schutz e Rodrigo Mattar – este como convidado especial, já que é comentarista dos canais Fox Sports – também participaram.

O resultado desse trabalho todo pode ser conferido aí abaixo. Agora, vamos contando os dias para a estreia do Império Endurance Brasil no Centro-Oeste brasileiro. A primeira apresentação do campeonato no autódromo de Goiânia, válida pela segunda etapa, vai acontecer no dia 25 de maio. Estaremos lá.

Anúncios

Na íntegra: Endurance Brasil 2018, 3/7

SÃO PAULO – No fim, acabei narrando as etapas de três campeonatos de alcance nacional realizadas no dia 21 de julho. Se na Turismo Nacional e na Sprint Race trabalhei com VTs já veiculados, o Endurance Brasil teve transmissão ao vivo. Narrei as Três Horas de Tarumã tendo o Bruno Monteiro como comentarista e a Juliana Marques na reportagem, num trabalho coordenado pelo Rodrigo Saravalli que teve geração de imagens da Via Satélite.

Como o domingo é de trazer ao blog os vídeos das corridas, segue também a íntegra da veloz corrida em Viamão.

As Quatro Horas de Curitiba, que acabaram durando um pouco menos que isso, abriram a temporada de 2018 do Endurance Brasil. A Chevrolet Absoluta 500, segunda etapa, aconteceu em Interlagos. Outra coincidência entre as três categorias citadas no post é que todas terão sequência no dia 1º de setembro em São Paulo. Se Turismo Nacional e Sprint Race negociaram espaço na programação de mais uma etapa do Campeonato Paulista de Automobilismo em Interlagos, o Endurance Brasil vai movimentar o Velo Città, na cidade de Mogi Guaçu. Uma corrida que vai acontecer pela manhã, novidade que poucos sabem.

 

 

Na íntegra: Endurance Brasil 2018, 2/7

HURACAN

O Lamborghini Huracán de Chico Longo, que nesta etapa teve Marcos Gomes como parceiro e que com o show de estratégia na Chevrolet Absoluta 500 segue invicto na temporada do Endurance Brasil.

CASCAVEL – Esta é uma seção do blog que trata de vídeos. Mais especificamente os vídeos das corridas que eu narro em várias categorias, com exceções para algumas das quais participo como piloto. No caso do post de ora, faço questão de abrir uma exceção para, de início, destacar uma fotografia.

É que não é simplesmente uma fotografia: todos os aplausos para o William Inácio, que produziu anteontem, durante a Chevrolet Absoluta 500, esta verdadeira pintura, mostrando o carro que depois de quatro horas de disputas, cumpridas em 140 voltas pela pista de Interlagos, viria a ganhar a segunda etapa do Endurance Brasil. Eu nunca tinha visto, em categoria nenhuma, esse ângulo de foto de um carro de corridas deixando para trás a curva da Junção. Sem contar a plástica da composição toda. Não entendo nada de fotografia, mas essa entra fácil no ranking que nunca vou elaborar das cinco melhores da temporada.

Mas é de vídeos que trata o “Na íntegra”, já mencionei isso. Então, vamos a ela, à íntegra da corrida de ontem, que foi transmitida ao vivo pelo que se convencionou definir como plataformas digitais do campeonato. YouTube e Facebook, em resumo. Imagens da Via Satélite com narração minha, comentário do Bruno Monteiro e reportagem da Juliana Marques. O bochechudo Rodrigo Saravalli coordenou esse batalhão todo.

Na íntegra: Endurance Brasil 2018, 1/7

CASCAVEL – Semana de retomar a temporada do Endurance Brasil. A segunda etapa, sábado, colocará em disputa a vitória na Chevrolet Absoluta 500. Previsão é de quase quatro horas de prova. Aqui e ali já rolam apostas quanto ao grid. Caseei meus níqueis em um número recorde, que não vou expor aqui para evitar que confundam com uma propaganda política que eu não faria.

A temporada teve início no dia 28 de abril, com as Quatro Horas de Curitiba. A corrida foi transmitida ao vivo pela internet, com narração minha, comentário do Bruno Monteiro e reportagem da Juliana Marques – vamos repetir a trinca em Interlagos, com a geração de imagens da Via Satélite.

Na íntega: Endurance Brasil 2018, 1/7

CASCAVEL – Grid recheado e a chegada de supercarros, tanto GTs quanto protótipos, marcaram a abertura do Endurance Brasil no Autódromo Internacional de Curitiba. A disputa pelo título nacional começou na tarde de 28 de abril, com as Quatro Horas de Curitiba durando até um pouco menos que isso por conta do cair da tarde que, acompanhado da chuva, diminuiu bastante a luz natural.

A corrida foi transmitida ao vivo nos canais de internet do Endurance Brasil, num trabalho que uniu a geração de imagens da Via Satélite, a coordenação do bochechudo Rodrigo Saravalli, minha narração, o comentário do Bruno Monteiro e a reportagem de pista e de box da Juliana Marques – foi a estreia dela na função, inclusive.