Mundo sobre rodas

Imagem

PINHAIS – Pra ser perfeito, só faltou o cavalo-mecânico ser um FNM. Ah, faltou também tirar esse carro preto da frente. Atrapalhou a foto.

Foto que tirei hoje cedo, bem cedo, no pátio de um posto de gasolina em Palmeira.

Anúncios

Bacalhau com batatas (17)

PORTIMÃO – Não dá para negar que uma das expectativas que criei quando fechei as malas para voltar a Portugal foi a de dar de cara com carros lindos durante quaisquer andanças.

Expectativa já contemplada dias antes da volta para casa. Sábado, durante uma passadinha por Cascais, dei de cara com esse excepcional exemplar do melhor carro que já inventaram. Entraria no “Mundo sobre rodas”, não fosse a série aberta semana passada, que vou manter para localizar com mais facilidade, em qualquer momento do futuro, as futilidades que escrevi durante esta viagem.

Esse Fusquinha tem até cheiro de novo. É esse tipo de coisa faz a vida valer a pena, não?

Wacky Races

Correr em Londrina uma vez por ano é ritual sagrado para a galera da Classic Cup, simpaticíssima categoria de São Paulo que devolveu à pista vários dos modelos que permearam o passado do mundo do automobilismo. A edição de 2011 vai acontecer neste fim de semana, uma bateria no sábado e outra no domingo, na programação preliminar da etapa final do Brasileiro de Marcas.

Dois anos atrás, por conta da passagem da categoria pela cidade, escrevi para a Folha de Londrina, embora seja de Cascavel, a matéria aqui reproduzida, chamada de capa de caderno aí acima, matéria logo abaixo – se estiver com paciência para lê-la, é só clicar na foto. Nunca consegui esse jornal, quem me mandou o material escaneado, à época, foi o Dú Cardim.

Não conhecia ninguém além do Flavio Gomes na Classic Cup quando escrevi essas linhas, motivo pelo qual tomei-o como personagem. Sou mau jornalista, na maioria das vezes, debite-se isso à maldita preguiça de correr atrás das coisas.

Desde então fiz muitos amigos no ambiente da categoria, o contato com maioria deles começou aqui pela internet. Hoje, sairia uma materinha um pouco mais completa e abrangente. Queria estar em Londrina no fim de semana, mais pela farra que por qualquer outra coisa. Não é dessa vez que vai dar certo.


Ainda vou convencer esse povo todo a vir fazer uma corridinha cá em Cascavel. A categoria converteu-se numa daquelas maluquices que dão certo. Pouca coisa é tão “Wacky Races” quanto a Classic Cup.