Duas e quatro rodas

Imagem

CASCAVEL – Só dever ser novidade para mim, mesmo, mas vi agora, pondo em dia minha consulta aos alfarrábios de sempre, que o evento de 30 de agosto e 1º de setembro em Interlagos terá também a participação da galera das duas rodas.

As 6 Horas de São Paulo, etapa brasileira do Mundial de Endurance, terá, como na edição do ano passado, corridas preliminares do Porsche GT3 Cup Challenge, em sua quinta etapa.

Além disso, haverá uma corrida do Superbike Series Brasil. Piloto e organizador da categoria, Bruno Corano me disse agora há pouco que o SBK Series estará presente apenas com sua categoria principal, a Superbike, acolhendo 55 pilotos selecionados. Prova válida pelo campeonato.

Velocidade para todos os gostos, definitivamente.

Anúncios

Superbike 2013

CASCAVEL – E o Bruno Corano, piloto e organizador do Superbike Series Brasil, convidou as moças e rapazes das duas rodas para amanhã à noite no Espaço ABM, em São Paulo. Lá, além da premiação aos campeões e vices de todas as categorias dos campeonatos que formam o SBK Series, ele vai comandar a apresentação da temporada de 2013.

O SBK Series Brasil é, em termos práticos, a soma de dois campeonatos distintos. Um, em 2012, foi batizado Pirelli Mobil Superbike, com seis categorias. Outro foi o ELF Superbike, que integrou a programação dos eventos do Brasileiro de GT, organizados pela SRO Latin America. O campeão geral da última temporada foi Diego Faustino, aí ao lado pilotando a BMW da Spiga Racing.

Para quem vai ao evento de hoje, a chegada ao Espaço ABM é facilitada por esse mapinha aqui, publicado pelo Bruno em seu perfil no Facebook.

Os horários do GT, versão final

CASCAVEL – Dia desses publiquei aqui no blog os horários das corridas da etapa do Brasileiro de GT no autódromo de Cascavel, neste fim de semana. Houve algumas mudanças, atribuídas à necessidade de adaptação aos horários da Rede TV!, que transmitirá as provas do domingo ao vivo.

A programação de sábado não muda em relação à versão da semana passada. Mercedes-Benz Grand Challenge largando às 13h53, Brasileiro de GT começando às 15h43. As mudanças ficam por conta do domingo. A corrida do Grand Challenge vai começar às 10h48, com duração de 30 minutos e com transmissão pela Rede TV! em VT completo a partir das 14h30. A do GT terá largada às 12h01, ao vivo na Rede TV! – narro as duas. A prova do GT também será mostrada em VT pelo SporTV 3, às dez da noite.

As quatro corridas, duas de sábado e duas de domingo, serão mostradas ao vivo no site do evento.

A programação em Cascavel terá, também, a sétima etapa do Elf Superbike, com largada às 13h38 do domingo. Esta, ao vivo no site do Superbike Series, o Osires Júnior é quem narra.

ATUALIZANDO EM 28 DE NOVEMBRO, ÀS 16h29:

Mudei um pouquinho o texto do posto agora, por conta da confirmação de que a transmissão do Mercedes-Benz Grand Challenge pela Rede TV!, no domingo, será em VT completo.

Os horários do GT

CASCAVEL – A SRO Latin America soltou agora pouco um comunicado informando os horários da inédita etapa cascavelense do Campeonato Brasileiro de Gran Turismo, válidos para os dias 1º e 2 de dezembro.

Aos horários que mais interessam, portanto. O GT, propriamente dito, terá a corrida de sábado largando às 15h43 e a do domingo, às 12h30. Cada corrida dura 50 minutos e, no caso de Cascavel, a Pirelli determinou à organização que instituísse a troca obrigatória dos pneus no pit stop para troca dos pilotos, tal qual já ocorreu nas etapas do Rio de Janeiro e de Campo Grande.

O Mercedes-Benz Grand Challenge, com 30 minutos de duração em cada corrida, tem suas largadas previstas para as 13h53 do sábado e as 11h19 de domingo. A precisão britânica dos horários, que lembram horários de voos, segue o que está no cronograma. As duas corridas do domingo serão transmitidas pela Rede TV!, com minha narração. E todas elas, as de sábado e de domingo, serão mostradas no site do Brasileiro de GT, igualmente comigo na latinha.

O evento do início de dezembro vai ter também a sétima etapa do ELF Superbike, às duas da tarde. O Osires Júnior vai narrar ao vivo no site do campeonato.

O início da festa toda, claro, vai ser sexta-feira, na GT Party, com shows de Luc & Juli e Everton & Alex. Antes disso, o dia todo no Autódromo Zilmar Beux será de treinos para todo mundo.

Um bom início

CAMPINAS – Falei ontem aqui no blog sobre a associação do automobilístico BMW Team Brasil à motociclística Spiga Racing.

Pois bem, o domingo foi de corridas em Interlagos, e a estreia do BMW Team Brasil como equipe do Elf Superbike não poderia ter sido melhor. Diego Faustino, um de seus pilotos, terminou em segundo, mas foi declarado vencedor depois da punição imposta ao gaúcho Maico Teixeira, primeiro na pista. Maico teve 15 segundos acrescidos a seu tempo total de prova porque abriu vantagem demais sobre os demais antes da relargada, dada a duas voltas do fim da corrida depois da intervenção virtual do safety car para atendimento ao acidentado Danilo Andric.

Maico lidera o campeonato com 59 pontos, contra 58 de Diego.

Fico feliz pelo Spiga e por toda a rapaziada da equipe, todos batalhadores e merecedores de sucesso e de dias melhores.

Em duas e quatro rodas

SÃO PAULO – Novidades em Interlagos no reino do BMW Team Brasil. A equipe, que estreou neste ano no Brasileiro de Gran Turismo com quatro duplas distribuídas nas classes GT3 e GT4, agora ataca, no bom sentido do verbo, também no ELF Superbike.

Isso graças a uma parceria técnica e operacional celebrada entre dois Antonios – o Hermann, dono da equipe de automobilismo, e o Finardi, que todos conhecem por “Spiga” e responde pelo time de motovelocidade. A Spiga Racing, que também passa a atender por BMW Team Brasil e mantém seu competente quadro técnico.

Diego Faustino e Matheus Piva são os pilotos do time, motociclisticamente falando.

Sugestão às escuras

CASCAVEL – O Osires Júnior, que foi a Interlagos na semana passada pra narrar a quarta etapa do Mobil Pirelli Superbike, fez tanta propaganda da corrida que vou postar aqui antes mesmo de vê-la.

É a quarta etapa do Dainese Superbike Light. Diz o Osires que as voltas finais trazem momentos sensacionais – e, diria aquele outro narrador, ele sabe porque esteve lá.

Vou ver pra crer, embora aposte, sim, que tenha sido um fim de corrida sensacional. O Osires não mente.