Aos olhos de quem lê

MOGI GUAÇU – Deixo de lado, por ora, a grande admiração que tenho por Eduardo Saçaki, e incluo o sujeito e o esportista na mesma consideração. Apenas tomo a liberdade de reproduzir aqui, para que cada um tire as lições que for capaz de tirar, algo que Eduardo postou há pouco em seu perfil no Facebook. Vai ipsis literis, como convém à ocasião:

No dia 05-05-05 sofri o pior acidente em toda minha carreira.
Fiquei 30 dias hospitalizado,(21 na UTI (sendo 16 em coma) e 09 no quarto. De todos esses dias não lembro de nada, nem mesmo dos amigos q me visitaram depois de já estar fora da UTI. Minha família se encarregou de falar um por um que foi até Caxias do Sul e de todos os telefonemas que receberam por mim.
Quando minha irmã tirou esta foto, algumas pessoas perguntaram pra quê? (Inclusive médicos e enfermeiras), lembre-se dele de outra maneira (estava eu morto???), pq se eu sobrevivesse a probabilidade de ter perdido minhas funções motoras e neurológicas eram quase uma certeza) e ela respondeu: eu vou mostrar pra ele quando saírmos daqui e ele vai caminhar e iremos pra minha casa e assim aconteceu……Fé é simples, ou tem, ou não tem! E coragem também, afinal o neurologista apoiado por médicos de Curitiba, resolveu fazer algo inovador, “me congelaram”para poupar energia, diminuindo minha circulação, tbém na tentativa de baixar minha pressão intra craniana. Um padre foi me dar extrema unção, minha irmã mandou ele embora, mas ele a convenceu dizendo q ia orar, meu filho Paulinho, implorou aos prantos, por favor padre traz ele de volta, não posso viver sem ele. O Romeu quietinho sofrendo no cantinho dele hoje já não está mais aqui….e agora eu tenho também a pequena Eduarda querida!
Minha vida mudou completamente daquele dia em diante e desde então, luto para reconquistar meu espaço, não quero nem ir a frente, tão pouco ir atrás, estou dando um passo a cada dia, redescobrindo valores, descobrindo os verdadeiros amigos e me conhecendo melhor. Enxergando que ser não é ter e que viver bem é o mais importante. Agradeço a todos os amigos e familiares.
Resolvi postar esta foto pra mostrar a importância da fé e superação! Abraços.

Eduardo Saçaki, de quem falei alguns dias atrás aqui no blog, é de Cascavel. Não sei se já disse a vocês, mas Cascavel vai dominar o mundo.