Vem mais cantoria por aí

Duas semanas atrás lançamos o 1º Festival Universitário de Música, lá no Pantanero Bar. Dele já falei, aqui. Dizer “lançamos” nada mais é que eufemismo, já que a promoção é da casa e a nós, Luc & Juli, coube a organização da competição, que tem os músicos amadores como público alvo.

Duas das três etapas eliminatórias já aconteceram. A primeira, semana passada, revelou os quatro primeiros classificados para a etapa final: Felipe & Orlando, que interpretaram “Enquanto o inverno não passar”, de João Bosco & Vinicius; Karina, com “Meu eu em você”, de Paula Fernandes; Amanda & Bruno, inscritos com “Evidências”, de Chitãozinho & Xororó; e Jean Lucas & Gabriel, que participaram com “Xique bacanizado”, música gravada por João Carreiro & Capataz.

Ontem, mais uma ótima eliminatória, e mais quatro classificados para a etapa final. Gabriel Bueno e a dupla Jean & Lucas obtiveram as duas melhores pontuações da noite com músicas de Chitãozinho & Xororó – “No rancho fundo” e “Página de amigo”. Também foram classificadas as intérpretes Gabi Golin, com “Cumplicidade”, música de Amannda Condesca, e Gabriela, com “Não precisa”, de Paula Fernandes.

Na terça-feira que vem vai rolar a última etapa, garantindo mais quatro na final – que será disputada no dia 30, sempre na programação semanal da “Noite do Artista”, valendo prêmios em dinheiro aos três melhores.

E ontem, durante a cantoria dos ótimos participantes, o Mateus Ferreira, que dá as cartas lá no Pantanero, já confirmou que a segunda edição da competição – sob o mesmo formato – vai começar no dia 20 de setembro.

Está bem legal, o nosso festivalzinho.

Luc & Juli na Batucada Pantanera

Embora nunca haja tempo para nada, sempre é necessário dar um tempo com as corridas.

O que não significa descanso para a tão exigida garganta. Afinal de contas, nesta quinta-feira, voltamos, a patroa e eu, ao palco do Pantanero Bar. Que foi onde tudo começou, já contei isso por aqui.

Luc & Juli, eu e ela, vamos apresentar uma parte do nosso repertório de sertanejo universitário nesta quinta-feira, 2 de dezembro, na programação da “Batucada Pantanera”. Uma farra que o Mateus Ferreira arma todas as quintas-feiras lá no Pantanero. Depois de nós, sobe ao palco a rapaziada pagodeira do VemKiVem, ali de Toledo.

É claro que esperamos todos os amigos lá. Vamos começar a tocar às onze da noite.

Velocidade, chope e boa música. Ótimo!

Pode até parecer propaganda. E é, mesmo. Serve só para quem gosta de animação e boa música. Dez entre dez, penso.

A promoção é do Padaria. Que é um daqueles sujeitos que não definiram ainda o que fazer da vida – enquanto isso, vai se experimentando como colunista de jornal, apresentador de televisão, competidor de artes marciais, promotor de eventos. Reza a lenda que ataca como cozinheiro, também.

O palco da muvuca vai ser o Pantanero Bar, que Juli e eu já elegemos como extensão da nossa casa. Padaria e Mateus Ferreira, o mandachuva da casa, batizaram de 1ª ChopPada. Em que pese o trocadilho infame, tem tudo para ser festa das boas. Cidadão paga a entrada e bebe tanto chope quando conseguir. Há quem vá beber mais que a cota, cada um com seus problemas.

Para mim, festa imperdível. Além de gostar de um bom chope – e o do Pantanero é bom –, não é segredo que aprecio uma boa música sertaneja. Vai ter a tal “violada universitária”, com os músicos de um grupo da FAG, e além disso três das melhores duplas da cidade vão revezar o palco da casa. Sobre duas delas – Flávio Aquino & Gabriel, da foto aí de cima, e Everton & Alex, os da foto abaixo – já falei aqui no BLuc, aqui e aqui. Markus & Alexandre também se apresentam.

Serão cinco horas de som e chope. Antes disso, uma passada pelo autódromo de Cascavel. Depois de uns dois anos, vou narrar uma corrida do Metropolitano de Marcas & Pilotos daqui. Assim que terminar a corrida da Stock Car na televisão, vou pra lá.

Meu domingo vai ser bem movimentado, nota-se.