Col vai promover o MB Challenge

324611_742677_luiz_carlos_ribeiro_fabiodavini_49964

Luiz Carlos Ribeiro, campeão da CLA 45 AMG Cup em 2016, conquistou na etapa de outubro em Viamão sua primeira vitória no Mercedes-Benz Challenge. A foto é do repertório do Fábio Davini.

SÃO PAULO – Chegou agora à tarde às caixas postais dos pilotos e chefes de equipe do Mercedes-Benz Challenge o comunicado emitido pelo departamento de Marketing e Comunicação da Mercedes-Benz do Brasil. A missiva eletrônica formaliza a transferência de gestão do campeonato a partir da próxima temporada. Passa da marca alemã para a Mais Brasil, agência de Carlos Col. No mundinho das corridas é dispensável apresentar Col, que redefiniu os rumos da Stock Car ainda nos anos 90, que na última temporada foi consultor na fase de renascimento das corridas de caminhões no Brasil e, já anunciado, será o promotor da Copa Truck, campeonato recém criado e que assume sem surpresas, face à gestão eficiente, o status oficial de Campeonato Brasileiro.

Falta afinar detalhes e fazer o anúncio oficial, mas é sabido que Col e seu time, dos mais funcionais, passam a tocar o campeonato, que desde a falência da GT Brasil passou a integrar os eventos da Vicar, dividindo espaços e programações com a Stock Car e suas agregadas. Várias composições foram cogitadas para os CLA 45 AMG e os C250 com a estrela de três pontas na grade dianteira seguissem em ação. O Challenge vai mesmo acompanhar as etapas da Copa Truck – oito das nove confirmadas na última semana, e a exceção fica por conta da passagem dos caminhões por Buenos Aires. A conversa toda ainda vai passar pela associação de pilotos da categoria, claro. Para que haja um ok de todas as partes envolvidas, e a partir disso passa-se a tratar de toda a conversa da segunda página – transmissão de televisão, por exemplo.

O Mercedes-Benz Challenge foi criado em 2011, tendo seu grid composto por 22 carros da categoria C250 Turbo. João Campos e seu filho Márcio, correndo em dupla, foram campeões nas duas primeiras temporadas. Em 2013, em atuação individual, Márcio chegou ao tricampeonato – dali seguiu para o Brasileiro de Turismo, onde terminou uma temporada em terceiro e foi campeão das duas seguintes, para estrear na Stock Car no campeonato atual. Voltando à C250, Cristian Mohr faturou o título de 2014. Peter Michael Gottschalk foi o campeão duas vezes, em 2015 e no ano passado.

Em 2014, a expansão do campeonato levou à implantação de mais uma categoria, a CLA 45 AMG Cup, que trouxe à pista o modelo homônimo e, diante da manutenção dos C250, fez o grid atingir a casa de 40 carros. O paulista Arnaldo Diniz e os gaúchos Fernando Júnior e Luiz Carlos Ribeiro conquistaram os três títulos já decididos, e Júnior lidera com folga a classificação atual.

324611_742674_paioli_fabiodavini_49305

A C250 Cup deu início à trajetória do Mercedes-Benz Challenge no Brasil e terá sob a batuta de Carlos Col, na programação da Copa Truck, sua oitava temporada de existência. Foto do Davini, também.

 

 

Anúncios

A sétima temporada

mbc

A temporada de 2017 será a sétima de existência do Mercedes-Benz Challenge no Brasil. Desde 2014 a categoria tem subdivisão em duas categorias – a CLA 45 AMG Cup e a C250 Cup. A foto é do Fábio Davini.

CASCAVEL – Descarte do pior resultado, bonificação por pole position e mudanças técnicas nos carros integram o pacote apresentado aos pilotos do Mercedes-Benz Challenge para a sétima temporada de existência da categoria.

As mudanças estão bem esmiuçadinhas aqui, no site da categoria. A primeira das oito etapas vai acontecer em Goiânia no dia 2 de abril. O campeonato mantém a transmissão ao vivo de suas etapas no BandSports – continuo na narração das corridas.

Mercedes Challenge na preliminar da F-1

MBC 1

CASCAVEL – Já deixou de ser segredo absoluto, então não há por que não compartilhar com a audiência do blog: vai ter atração a mais no GP do Brasil de Fórmula 1 deste ano.

Desde 2005 as corridas da categoria no país têm etapas do Porsche GT3 Brasil em sua programação preliminar. Em 2015, além dos Porsche das categorias Cup e Challenge, o programa em Interlagos vai contar também com uma etapa do Mercedes-Benz Challenge. Será a sétima e penúltima, que acabou adiada em uma semana – estava marcada, inicialmente, para 8 de novembro na pista gaúcha de Tarumã.

Arquitetada por Dimitris Psillakis, diretor da Mercedes-Benz do Brasil, a ideia de incluir o Challenge no evento de 15 de novembro – algo que vem bem a calhar, diante do momento de domínio absoluto que a marca experimenta na Fórmula 1 – teve sua execução cuidadosamente regida pela equipe do Rodrigo Soares, um dos mentores do campeonato monomarca existente no Brasil. Já soube que o Toto Wolff, o diretor da equipe de Fórmula 1 da marca, ficou bastante satisfeito com a novidade.

Porsche GT3 Cup, Mercedes-Benz Challenge e Fórmula 1. Fim de semana no renovado Interlagos vai ser dos mais interessantes. Até porque as duas marcas alemãs têm muito mais em comum, no Brasil, que apenas o nome do narrador das corridas de seus campeonatos de automobilismo.

MBC 2