“Carreras” concorre ao GP

CASCAVEL – Quem falou que estou longe dos grandes prêmios? O da vez é o Grande Prêmio do Cinema Brasileiro. “Carreras“, nosso valente longa produzido em Cascavel a orçamento quase zero, foi um dos indicados ao prêmio em 2015.

Dentro de mais alguns dias, atendendo às consultas que me foram feitas por amigos de outras praças, “Carreras” estará disponível em DVD, vou compartilhar por aqui os caminhos indicados pela Salete Machado e pelo Talício Sirino. É importante para quem quer difundir um filme indicar os caminhos para quem quer consumi-lo, afinal. Não é todo mundo do ramo que se preocupa com isso.

Foi no “Carreras”, lá se vão mais de dois anos, que fiz uma pontinha no cinema nacional pela primeira vez. Semanas atrás rolou a segunda, que ainda não está nas telas.

Homem-Carro

ANISIO CAMPOS

CASCAVEL – E eis que “Homem-Carro”, o filme que conta a trajetória de Anísio Campos, está disponível na internet para qualquer um assistir. (A HISTÓRIA MUDOU, VEJAM ATUALIZAÇÃO AO FIM DO POST)

Quem deu a dica foi o guru Flavio Gomes, que não perdeu a oportunidade de acompanhar a indicação de um bom causo, daqueles que ele conta como ninguém.

Quanto ao filme, que com a licença de vocês vou ver agora, Raquel Valadares não poderia ter sido mais feliz na escolha do título.

(ATUALIZANDO EM 15 DE FEVEREIRO, ÀS 16h28)

Entendemos mal, no fim das contas. O filme de fato estava disponível ontem, quando da publicação, mas o acesso era condicionado a uma senha temporária, segundo alertou a própria Raquel Valadares. “A senha era apenas para quem colaborou e era por tempo limitado. Sinto muito, mas a senha mudou”, escreveu, em área de comentários do meu perfil no Facebook. Tenho vaga lembrança de, na época de anunciar aqui no blog a vaquinha virtual para a produção, ter colaborado com alguns poucos cobres, não é uma certeza. Enfim, não vem ao caso. A pedido dela, retirei do post original o link que levava ao documentário.

Pelo mesmo canal, a área de comentários no Facebook, perguntei à Raquel se havia meios para quem não integra a lista de colaboradores ter acesso ao filme. “Sim. Comprar o DVD…. Esperar pra ver na TV. Agora vazar um filme é matar o filme. Sinto dizer mas isso não ajuda, só prejudica…”, ela respondeu. “Caso já haja meios para aquisição do DVD e queira informá-los a nós será um prazer levar a informação adiante, Raquel. Fiei-me de início no que li no blog do Gomes, sempre fonte que dispensa prova real. Grande abraço, e parabéns pelo trabalho”, repliquei-lhe. “Basta seguir o face do filme e da produtora para acompanhar as informações”, foi o que a produtora limitou-se a treplicar.

Menos mal, à luz da ética, que não vi o filme ontem, tinha adiado para amanhã. Vejo-o quando comprar o DVD.

“Carreras” em Porto Alegre

“Carreras” em Porto Alegre

CASCAVEL – Chega a vez dos amigos de Porto Alegre poderem ver “Carreras – O Filme“, lançado no ano passado pela Tigre Produções.

O filme estreia hoje no Cine Santander Cultural e fica em cartaz até quarta-feira, dia 9, com três exibições diárias – às 15h, às 17h e às 19h. Que os parceiros porto-alegrenses vejam e comentem à vontade.

O longa traz depoimentos de pilotos e ex-pilotos a respeito da “Cascavel de Ouro”, tradicional corrida de carros paranaense, e apresenta em ficção um enredo ambientado na corrida. O trailer do filme, para que seja relembrado.

Somos finalistas

SÃO PAULO – Lembram de “Carreras – O Filme“, não lembram? Claro que lembram.

Então. O filme , de 2013, está entre os 130 que participam do Prêmio Fiesp/Sesi SP de Cinema de 2014. E é, por obra e graça do Sérgio Sanderson e do Lourivalde Vieira, responsáveis pelo quesito, um dos cinco finalistas da categoria “Fotografia”. Concorre ao prêmio com “O tempo e o vento”, “Anita e Garibaldi”, “Serra Pelada” e “Tatuagem”.

Alguns amigos de São Paulo, Curitiba e Porto Alegre viram o “Carreras”. Quem não viu fica com o trailler. Ou trêiler, pela proposta do blog de aportuguesar tudo que for possível – motivo pelo qual vou adotar, logo, a versão “blogue”, já utilizada pelo Luiz Alberto Pandini. Que viu o filme.

“Rush” na rede

CASCAVEL – Talvez isso seja crime, não conheço as leis que regem direitos autorais e causas afins, mas “Rush”, sucesso absoluto do cinema em 2013, já foi parar no YouTube, em versão dublada. Foi o Du Cardim quem descobriu.

Quem ainda não viu que veja logo. Imagino que logo seja tirado “do ar”.

“Carreras” na terrinha

Image

CASCAVEL – De tanto meu eleitorado paulistano cobrar, aconteceu. “Carreras“, o filme de automobilismo que tem dado o que falar mais até que o tal do “Rush”, estreia em São Paulo nesta semana.

Serão sete dias – ou melhor, sete noites – de exibição na sala 4 do Espaço Itaú de Cinema, no Shopping Frei Caneca, em São Paulo. O filme entra em cartaz nesta sexta-feira, dia 27, e fica até quinta que vem, 3 de outubro, sempre às 20h40.

A equipe do “Carreras” coordenada pela diretora-roteirista Salete Machado e pelo ator-produtor-pau-pra-toda-obra Talício Sirino – além, claro, do Serjão Sanderson, diretor de fotografia do filme (A galera do automobilismo não sabe, mas o Sérgio é cineasta nato, com seis filmes na ficha corrida). O trio só pecou em um detalhe, quando me escalou para uma ponta na narração das corridas que fazem parte da história. E, claro, não dá pra esquecer do Jackson Antunes, que acabei de ver na tela da Globo dando vida ao sanfoneiro no filme que conta a vida do Zezé di Camargo e do Luciano.

CARRERAS PISTA 4

E os leitores de outros rincões já podem se preparar para ver o trabalho dessa equipe toda. Não sei se devia antecipar, mas é fato que depois da curta temporada em São Paulo o filme será exibido no Rio de Janeiro e em Porto Alegre. Numa dessas, como tem etapa do Sudamericano de GT na capital da gauchada na semana que vem, pode ser que algum alinhamento planetário leve o “Carreras” praquelas bandas enquanto eu estiver lá, e nesse caso distribuo, ou vendo, autógrafos na porta do cinema. E como bisbilhotei a agenda da Salete, já vi que ela está acertando exibições em Campo Grande, Goiânia, Florianópolis e não lembro mais onde.

Vão ao cinema, pois, canalhas paulistanos. E depois me digam o que acharam, claro. O trailer do filme segue aqui, mais uma vez.