Tela veloz

Imagem

CURITIBA – O Campeonato Sudamericano de Gran Turismo fez jus à nova denominação no último fim de semana, quando pela primeira vez teve uma etapa fora do Brasil. As duas corridas da sétima rodada dupla de 2013 aconteceram no circuito 8 do Autódromo Juan y Oscar Gálvez, em Buenos Aires.

Os títulos das categorias GT3, GT4 e GT Premium foram definidos na primeira corrida, disputada no fim da tarde de sábado. Corrida que será exibida em VT na íntegra pela Band neste sábado, dia 9, a partir das 13h05. Eu narro.

Anúncios

#DataLuc na GT3

Imagem

CASCAVEL – A GT3, categoria principal do Campeonato Sudamericano de Gran Turismo, tem uma situação bastante curiosa envolvendo a decisão do título de 2013. Isso porque o principal adversário apontado pela tabela de classificação ao líder Marcelo Hahn é, também, seu maior aliado.

É muito simples. Vencedor de oito das 12 corridas já disputadas, Hahn lidera o campeonato com 224 pontos. Tem 37 de vantagem sobre Allam Khodair, vice-líder, que é seu parceiro na pilotagem do Lamborghini LP600 Evolution número 16 da Bläu Motorsport. A diferença na pontuação está no fato de Allam não ter participado das corridas da quarta etapa, no mês de julho em Interlagos – naquele mesmo fim de semana, enquanto Hahn conquistava uma vitória e um segundo lugar correndo ao lado de Marcos Gomes, o japa-turco-libanês (nunca sei definir sua etnia com precisão) estava correndo na Europa pelo FIA GT Series.

Marcelo e Allam serão parceiros, claro, na disputa das corridas de sábado e domingo em Buenos Aires. Cada corrida valerá 20 pontos ao vencedor. Os irmãos paranaenses Wagner e Fábio Ebrahim, que pilotam o Audi R8 LMS Ultra número 20 da Ebrahim Motors/Audi Top Service, aparecem logo a seguir na classificação, com 165 pontos. Em termos práticos, considerando que a dupla da Bläu será mantida até o fim do campeonato, os Ebrahim representam a única ameaça ao título de Hahn.

Imagem

Um quinto e um sexto lugar neste fim de semana fecham a conta do título para o incansável Marcelo Hahn sem que precise recorrer ao ábaco. Isso considerando que Wagner e Fábio vençam as duas provas e repitam a dose nas de 6 e 7 de dezembro no Velo Città, em Mogi Guaçu. Haveria um empate em pontos e Marcelo, por ter mais vitórias, garantiria o título.

Por outro lado, se terminar a primeira corrida à frente do Audi preparado nas cercanias do autódromo de Curitiba, Hahn poderá pôr a mão para fora do carro e comemorar seu primeiro título na categoria.

Isso em termos práticos, como citei dois parágrafos atrás. A diferença entre Marcelo e Allam é de 37 pontos e continuar em 37 pontos com quaisquer resultados em Buenos Aires. Com 40 em disputa no Velo Città, vai que o Khodair resolva formar outra dupla, ganhe as duas corridas e conte com a ausência ou um azar improvável do parceiro de vários anos para tomar-lhe o título.

Seria um desfecho de campeonato digno de filme. Mas esqueçam. É só um devaneio meu, mais um.

Imagem

#DataLuc na GT4

Imagem

CASCAVEL – Se a GT Premium tem uma decisão provável na etapa argentina, a GT4 vive a tendência de só conhecer o campeão do Sudamericano de Gran Turismo nas corridas de 6 e 7 de dezembro – isso mesmo, sexta e sábado – no Velo Città. A liderança é do Válter Pinheiro, só ele, já que Renan Guerra foi seu parceiro nas três primeiras etapas e Leonardo Burti reassumiu seu posto para as três posteriores.

Com seis vitórias, dois segundos, um terceiro e um quarto lugar, além de dois abandonos, o Válter, que compete com o Lotus Evora número 6 da Guerra Motorsport, soma 182 pontos. Tem apenas quatro de vantagem sobre William Freire e Duda Oliveira, parceiros na condução da Ferrari Challenge número 8 da M2 Competições. William e Duda ganharam três corridas, terminaram outras três em segundo, mais uma em terceiro e outras quatro em quarto. Só abandonaram uma vez.

Imagem

Campeões de 2012, Sérgio Laganá e Alan Hellmeister, que revezam o Aston Martin Vantage número 57 da M2, estão em terceiro com 175, apenas sete atrás do líder. Somam três vitórias, cinco segundos lugares e dois terceiros, além de dois abandonos. Candidataços ao bicampeonato, sem dúvida. O quarto lugar no campeonato é de Valter Rossette e Fábio Greco, que voltaram ao grid na etapa de quatro semanas atrás no Velopark tendo substituído sua Maserati GT por uma Ferrari Challenge. Não têm mais chance de título, mas se derem as caras em Buenos Aires – quase certo que darão – poderão tomar pontos importantes de quem faz contas pelo campeonato.

Via de regra, para que se cumpra o prometido prognóstico de definição antecipada do título, o Válter precisa ampliar sua vantagem a 40 pontos. Terão conseguido a façanha com uma vitória e um segundo lugar na Argentina, mas só se nenhuma das duplas da M2 terminar a corrida com o percurso mínimo exigido para direito a pontos, que é de 75% da distância percorrida pelo carro vencedor.

Imagem

#DataLuc na GT Premium

CASCAVEL – Adotar ou não pontuação de bonificação ou descarte obrigatório de resultados não abona e nem desabona qualquer categoria de automobilismo. Mas as que não têm nenhum desses artifícios, caso do Sudamericano de Gran Turismo, facilitam bastante a vida do #DataLuc nas quase sempre inúteis projeções sobre combinações de resultados para que esse ou aquele seja o campeão de uma temporada.

O GT Sudam, e o eu chamo assim à revelia de todo mundo, terá neste fim de semana, sábado e domingo, as corridas da sétima e penúltima rodada dupla. Evento inédito fora do Brasil, vai ser no traçado número 8 do Autódromo Juan y Oscar Gálvez, em Buenos Aires. Pode ser que o comboio volte da Argentina no domingo à noite, ou na segunda-feira cedo, já com os títulos das três categorias já definidos.

Imagem

A decisão mais iminente é a da categoria GT Premium, a que preserva os modelos que compuseram o grid nos primeiros anos da competição no Brasil, de 2007 a 2010. Dá até para arriscar que Pierre Ventura e Cristiano “Tigrinho” de Almeida já estejam preparando a festa do título para o sábado à noite. Um único ponto, dos 80 que estarão em disputa até o fim do campeonato, basta-lhes para assegurar o título, mesmo que os vice-líderes paulistas Marçal Melo e Alex Fabiano conduzam o Porsche 911 S número 33 da Mundo Motorsport a quatro vitórias. Terminar uma das corridas entre os que marcam pontos, portanto. Mais: qualquer resultado diferente de vitória de Marçal e Alex dão o campeonato aos gaúchos sempre bem-humorados.

Pilotos do Lamborghini LP520 número 10 da BSC Racing, Tigrinho e Pierre somam nada menos que oito vitórias em 12 corridas já realizadas. Ganharam as duas de Curitiba, as duas de Tarumã, a primeira de Interlagos – na segunda, Almeida perdeu a vitória na linha de chegada, na última volta, numa ultrapassagem que rendeu a Marçal Melo o aplauso de Roberto Pupo Moreno, na ocasião atuando comigo e com o Tiago Mendonça na transmissão ao vivo pela Band –, as duas da volta da categoria a Curitiba e a primeira da etapa do início do mês no Velopark. Na abertura do campeonato, no Anhembi, somaram dois terceiros lugares. Melo e Fabiano ganharam a primeira corrida do Anhembi, e a segunda de Interlagos, com a já citada ultrapassagem aos 48 do segundo tempo. A dupla gaúcha Vilson Júnior/Paulo Rutzen levou o Lamborghini LP520 da Mottin Racing à vitória na segunda corrida do Anhembi. Na última corrida, que fechou a rodada dupla no Velopark, os gêmeos gaúchos Vinicius e Felipe Roso comemoraram a vitória com a Ferrari F430 da equipe Metasa.

Imagem

Termina num sábado

Imagem

CASCAVEL – A assessoria de imprensa do Campeonato Sudamericano de Gran Turismo confirmou agora há pouco que as provas da oitava e última etapa, em dezembro, vão acontecer em Mogi Guaçu, no sempre convidativo Velo Città.

A programação será desenvolvida entre os dias 5 e 7 de dezembro. As corridas finais do GT estão confirmadas para os dias 6 e 7 – ou seja, sexta e sábado. A corrida numa tarde de sexta-feira é algo inédito na história do campeonato. O encerramento da temporada num sábado, idem.

Mas, antes de pensar no Velo Città, temos pela frente a inédita etapa argentina, já neste fim de semana. As corridas em Buenos Aires serão disputadas no sábado, com largada às 17h40, e no domingo, a partir das 14h30, pelo horário brasileiro de verão – a Argentina, nesta época do ano, fica uma hora atrás na faixa de fuso. A corrida do domingo em Buenos Aires será mostrada ao vivo em um dos três canais SporTV, ainda não sei qual.

ATUALIZANDO EM 29 DE OUTUBRO, ÀS 20h28:

Suprimi do post original a parte em que anunciei a transmissão da corrida pela internet. Não haverá streaming desta vez. A organização reviu a estratégia do evento em alguns pontos, motivo pelo qual minha ida a Buenos Aires foi cancelada.

Imagem

Promoção veloz

CASCAVEL – E o Alex Fabiano, piloto do Sudamericano de GT, pôs no ar agora à noite em seu perfil no Facebook uma promoção que vai deixar dezenas de fãs de corridas que conheço em polvorosa.

Imagem

Também, pudera: o prêmio é uma volta na pista de Interlagos no Porsche 911 S de sua equipe, a Mundo Motorsport. É o carro com que o Alex disputa o Sudamericano de GT em dupla com o Marçal Melo – o vencedor receberá o cobiçado prêmio no dia 18 de agosto, logo depois da segunda corrida da quarta etapa do campeonato.

Quem quer correr só precisa acessar esse post aqui, no perfil do Alex, e dar uma resposta à pergunta lá indicada. O nome do autor da resposta mais interessante e convincente será divulgado pelo piloto no dia 12.

GT Sudam

Imagem

PINHAIS – A partir de hoje, com efeito retroativo à rodada dupla do mês passado no Anhembi, temos o Campeonato Sudamericano de Gran Turismo. A terceira corrida do ano vai começar daqui a pouquinho, no Autódromo Internacional de Curitiba, em Pinhais – os carros já estão no grid, enquanto escrevo.

A questão do Sudamericano está diretamente ligada à negociação que a Loyal Promo, Sports & Entertainment, agência que assumiu a promoção da categoria, está coordenando para que uma das etapas do campeonato, a de novembro, marque a inauguração do autódromo de Rivera, cidade do Uruguai que faz fronteira com o Brasil sendo separada da gaúcha Santana do Livramento por uma rua. Assim me contou o Osires Júnior, locutor do Sudamericano de GT, que conhece as bandas de lá.

Aliás, o Osires já começou a narrar a corrida para a Arena. Vamos começar, André Duek e eu, a nossa transmissão para a internet. Falamos mais tarde.