Que venha 2018!: Brasileiro de Marcas

 

328379_756845_dudabairros_54303

Largada da última etapa da Copa Petrobras de Marcas de 2017, no mês de dezembro em Interlagos. Em sua oitava temporada, campeonato passa a ser chamado Brasileiro de Marcas.

CASCAVEL – Falemos, também, do Campeonato Brasileiro de Marcas. Antiga Copa Petrobras, para que todo mundo possa se localizar mais fácil. A categoria entra em um mês intenso de definições dos pilotos que vão compor o grid nas 16 corridas, distribuídas em oito eventos no calendário.

 

O Brasileiro de Marcas segue integrando a plataforma da Stock Car, como ocorre desde 2015. Serão três as categorias do evento neste ano – a Stock Light, repaginada, também faz parte da festa. Uma das novidades é a premiação oferecida pela organização, de R$ 170 mil reais, em forma de subsídio para a temporada seguinte. Serão R$ 100 mil para quem conquistar o título geral, que em 2017 foi do catarinense Vicente Orige, e R$ 70 mil para o dono da taça no Marcas Trophy, classe implantada há dois e que teve como primeiros campeões meus companheiros de equipe Thiago Klein, em 2016, e Odair dos Santos, em 2017.

Há evolução, também, do pacote técnico oferecido aos pilotos dos modelos Chevrolet Cruze, Toyota Corolla, Renault Fluence e Ford Focus, todos puxados (a tração é dianteira) pelos motores Berta aspirados de 270 cavalos. O acordo com a Pirelli prevê o uso dos mesmos pneus que calçam os Stock Light. A chefia prepara, também, um trabalho intenso na equalização entre os diferentes carros do grid. Equilíbrio é palavra de ordem, afinal. Os carros trazem, ainda, um novo pacote aerodinâmico que resultou em mais downforce.

O resultado de tudo isso é um carro mais rápido e mais dócil, por assim dizer. Os testes da semana passada na pista de Tarumã revelaram um ganho de performance de dois segundos por volta, tanto na simulação de treino classificatório quanto na de corrida.

As corridas de 2018 terão transmissão ao vivo do BandSports – aliás, o canal está cada vez mais consolidado no automobilismo brasileiro, o que me deixa especialmente satisfeito, já que faço parte do pacote. A primeira etapa do Brasileiro de Marcas está confirmada para 7 e 8 de abril, na programação da segunda etapa da temporada da Stock Car, indicada no calendário para o autódromo de Curitiba ao lado de um asterisco indicando a possibilidade de mudança de local. Imagino que a opção alternativa em questão seja Goiânia. Só um chute.

Três etapas ainda não têm suas sedes anunciadas, definição que sairá nos próximos dias. Rapaziada da Vicar está dando um duro danado nesse trabalho para chegar à melhor equação possível. O calendário das oito rodadas duplas: 7 e 8 de abril – Curitiba; 21 e 22 de abril – Velopark; 19 e 20 de maio – Santa Cruz do Sul; 4 e 5 de agosto – pista ainda indefinida, a mesma que receberá a Corrida do Milhão da Stock car; 18 e 19 de agosto – pista ainda indefinida; 8 e 9 de setembro – Cascavel; 3 e 4 de novembro – pista ainda indefinida; 8 e 9 de dezembro – Interlagos.

328379_756840_dudabairros_54560

Chevrolet Cruze, Toyota Corolla, Ford Focus e Renault Fluence são os quatro modelos que seguem compondo o grid do Brasileiro de Marcas a partir de 8 de abril na etapa de Curitiba.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s