Copa Truck

_20170406_192142

Renato Martins, duas vezes campeão na Fórmula Truck, é o presidente da associação das equipes que vão formar o grid da Copa Truck.

PINHAIS – Enquanto do outro lado da rua em Santana do Livramento a Fórmula Truck prepara o segundo evento do calendário do Campeonato Brasileiro, reunindo grid com 12 caminhões na pista de Rivera, no Uruguai, as equipes que se retiraram da categoria por divergências e discordâncias com a gestão de Neusa Navarro Félix dão seu primeiro passo em público no que diz respeito ao surgimento da nova competição automobilística de caminhões do Brasil, que muito tem sido especulada e mesmo posta sob dúvida nos últimos meses.

Copa Truck. Esse será o nome do novo campeonato, segundo press release que o João Alberto Otazú enviou hoje. Seis etapas de maio a dezembro, em três regiões brasileiras e com uma subdivisão em copas regionais – a Nordeste, a Centro-Oeste e a Sudeste. As pistas que formam o calendário de eventos, até por dedução óbvia, são Goiânia, Campo Grande, Caruaru, Fortaleza, Curvelo e Interlagos, muito embora o nome “Interlagos” não seja mencionado no comunicado. Não conheço outro autódromo na cidade de São Paulo e não imagino uma corrida de caminhões em pista de rua, enfim.

O Sul ficou fora. A considerar o calendário divulgado horas atrás, as corridas de caminhões em Cascavel, Londrina, Curitiba, Velopark e Guaporé em 2017 serão, ou terão sido, as da Fórmula Truck. As pistas de Santa Cruz do Sul – onde autoridades municipais foram à imprensa acusando a Fórmula Truck por insolvências – e de Tarumã, em Viamão, não entraram no calendário de nenhuma das duas. As duas etapas nordestinas da Copa Truck têm apenas duas semanas de intervalo entre si, ambas em julho, pela óbvia complexidade da operação logística. Não há etapas previstas para os meses de agosto, setembro e novembro. Sei lá, essa janela poderia até comportar uma Copa Sul.

O site Grande Prêmio, ao repercutir o comunicado da Copa Sul, informou que o domínio do site do novo campeonato foi registrado em nome de Carlos Col. Quem acompanha corridas sabe quem é o Col, não preciso apresentá-lo.

A íntegra do comunicado que veio hoje anunciando a Copa Truck segue abaixo.

Copa Truck anuncia parceria e calendário

Categoria de caminhões de competição começa em maio, promovida pela Sport Promotion

A Associação Nacional de Equipes de Truck (ANET) fechou acordo de parceria com a Sport Promotion Marketing Esportivo, conceituada empresa deste segmento, para promover o evento esportivo de corrida de caminhões que visitará vários Estados de todo o País já em 2017.

Formada por nove equipes e seus respectivos pilotos, a ANET anuncia que a primeira prova da temporada, de um total de ao menos seis será realizada no dia 28 de maio, em Goiânia (GO).

Essa inovadora competição da categoria de caminhões será disputada em forma de Copas, com a realização da Copa Truck Nordeste, Copa Truck Centro-Oeste, Copa Truck Sudeste.

“Será um novo conceito em eventos, certamente criando o interesse das montadoras, indústria de autopeças do segmento de caminhões e demais anunciantes, que poderão usufruir deste novo modelo de competições para o relacionamento com seus públicos, aproveitando as suas características regionais”, comenta Renato Martins, presidente da ANET.

“A Sport Promotion está ansiosa por colocar sua estrutura e experiência de 35 anos de atuação no marketing esportivo, a serviço deste tão importante projeto para o automobilismo do Brasil”, anunciou Alfredo Carvalho, Diretor Comercial da Sport Promotion.

“Estamos muito satisfeitos com o acordo e a oportunidade de trabalhar junto a profissionais que acreditaram em nosso projeto e seu novo formato de corridas, com tantos pilotos profissionais e competitivos, inclusive todos os campeões dos últimos oito anos, entre eles Felipe Giaffone, o atual Campeão Brasileiro”, enfatiza Martins.

A Associação Nacional de Equipes de Truck é composta pelas equipes RM Competições, AJ5 Sports, DF Motorsport, RVR Motorsports, Dakar Motors, Fábio Fogaça Motorsports, Lucar Motorsports e Clay Truck Racing, que formam um grid de cerca de 20 caminhões.

Confira o calendário da Copa Truck 2017:
28/05 – Goiânia (GO) – Copa Trcuk Centro-Oeste
11/06 – Campo Grande (MS) – Copa Trcuk Centro-Oeste
09/07 – Caruaru (PE) – Copa Trcuk Nordeste
23/07 – Fortaleza (CE) – Copa Trcuk Nordeste
15/10 – Curvelo (MG) – Copa Truck Sudeste
17/12 – São Paulo (SP) – Copa Truck Sudeste

Falei rapidamente com o Renato enquanto preparava o post. Perguntei-lhe alguns pontos sobre o novo evento. A tônica do breve papo veio na resposta dele: “Calma, uma coisa de cada vez”. E tem coisa à beça.

Com relação à Fórmula Truck, que estreia em Rivera, o grid de domingo pode contar com até 12 caminhões. Além de oito dos nove que foram desembarcados no Velopark para a corrida do mês passado – um dos quais, o Ford que era de Edu Piano, não teria sido levado ao Uruguai -, tudo indica que dois Ford de José Maria Reis e dois Scania de Pedro Muffato possam figurar no evento. Não sei com quais pilotos. A categoria não divulga esse andamento. Os últimos comunicados à imprensa falavam da entrevista coletiva e da liberação do camping no autódromo uruguaio. Sei da estreia do Edson Ferreira porque ele me telefonou todo contente para contar a novidade. Resta esperar os treinos livres, que começam nesta sexta, para sabermos quais pilotos e caminhões estarão na pista.

Anúncios

6 pensamentos sobre “Copa Truck

  1. Eu fico muito triste com essa divisão da Truck no Brasil, eu tenho certeza que o Aurélio Batista Félix também está muito triste com o destino da categoria vitoriosa e brilhante que ele criou. Estou vendo a etapa do Uruguai da Fórmula Truck na Band e não estou achando graça nenhuma.
    Tomara que a Copa Truck tenha transmissão das corridas pela tv se não começará “nati morta” infelizmente. Aurélio, por favor, mande energia positiva de onde você está para esses cabeças duras entrar em acordo e voltar a correr juntos novamente em 2018.

    • Não está no calendário, embora haja um intervalo de dois meses na programação da Copa Truck e não haja nenhuma corrida no Paraná ou no Rio Grande do Sul. Talvez caiba nesse intervalo uma Copa Sul com mais duas etapas.

  2. Se precisar estarei aqui para poder ajudar em buscar recurso nas cidades que terá as etapas pq vejo uma grande falha na fórmula truck que é de não fazer o comércio local participar do evento minha empresa é festshowevento e venho acompanhando os erros da dona Neuza da fórmula truck estareu aqui para solares tiver interesse entra em contato ok 11943633171

  3. Eu sinceramente não esperava que esse racha fosse acontecer no ano passado, Isso lembra muito o que aconteceu com a Fórmula Indy em 1996. Fica minha torcida para que no futuro aconteça sua reunificação. Fiquei desanimado com que vi na Fórmula Truck esse ano. As corridas que eram um show esse ano virou um show, mas de horrores. Poucos caminhões na pista e nenhuma emoção.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s