Dani Lenzi

DANI LENZI

PINHAIS – Era assim, pelo apelido “Dani”, que Daniel Lenzi se identificava. “Dani” era a inscrição na carenagem de sua moto de corridas, a BMW número 26, com que disputava a principal categoria do Moto 1000 GP.

A trajetória de Lenzi nas pistas e na vida chegou ao fim agora há pouco. Morreu em um acidente estúpido, como estúpido são todos os acidentes de que se tem notícia dentro de pistas de corridas ou fora delas. Tinha 34 anos e deixou para todo mundo aqui no autódromo, além do choque de uma perda, a lembrança de um sujeito daqueles que sempre têm disposição de sobra para ajudar no que for preciso. “Era um dos sorrisos mais alegres daqui”, foi como Gilson Scudeler, promotor do campeonato, definiu o companheiro de esporte que se foi.

É uma sensação estranha a de ver alguém partir assim, de repente, no mesmo lugar em que se está. Algo que já aconteceu em tantos e tantos campeonatos. Nunca havia acontecido perto de mim.

É difícil não incorrer em clichês. Então, nada mais há a dizer senão que valeu até aqui, Dani. A gente se vê em outra.

DANIEL LENZI PISTA

Anúncios

7 pensamentos sobre “Dani Lenzi

  1. Era o cara mais gente boa que eu já conheci, generoso….o sorriso mais farto e contagiante que eu já vi…sempre alegre….sujeito do bem….vai fazer uma imensa falta, vai com Deus meu amigo…

  2. o rapaz morre e os caras da organização da moto 1000 gp são frios,sem sentimentos, deviam ter cancelado a prova ,morre um piloto nos treinos e mesmo assim realizam a prova isso é falta de respeito pela memória do daniel lenzi e da familia dele a prova do domingo tinha que ser cancelada, fazer uma prova com um piloto tendo morrido no sabado nos treinos , que é isso, isso é frieza,que ele descanse em paz ele guiava muito essa rapaz e deus de conforto a sua familia

    • Você tem notícia de alguma corrida que tenha sido cancelada por conta de uma tragédia similar, Rodrigo? Eu cito várias que foram mantidas. Talvez fosse o caso de você filtrar suas considerações a respeito perguntando aos próprios pilotos, que tal?

  3. Um cara muito gente boa, eu frequentava muito a casa dele na época dos ATARI da vida, tem até umas historias engraçadas, eu o chamava de Anjinho, pois ele tinha o cabelo branco todo encaracolado, enfim.Que Deus o tenha.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s