Camping liberado

Imagem

CASCAVEL – Como o que mais tem no mundo é gente desocupada o suficiente para inventar e espalhar boato, e para isso a internet é um prato cheio, vamos nós de novo esclarecer o que é e o que não é a respeito do evento da Fórmula Truck em Cascavel.

Ao que consta, a onda de manifestações virtuais de hoje estrila por conta de uma absurda e falsa proibição da montagem de acampamentos no Autódromo Zilmar Beux durante este fim de semana de corrida. Acabamos, por mero desencargo de consciência, de tirar a dúvida com quem de fato decide as coisas na Truck.

E claro que o acampamento está, sim, liberadaço. É a maior tradição dos grandes eventos de automobilismo em Cascavel, não haveria motivos para coibi-lo. Cada torcedor apresenta – ou compra no portão de entrada – seu ingresso, não há cobrança adicional para estacionamento do carro e a equipe de produção da Fórmula Truck estará à disposição para orientar os torcedores sobre quais as áreas do autódromo onde as estruturas de acampamento podem ser montadas.

Simples assim.

ATUALIZANDO EM 31 DE JULHO, ÀS 16h55:

Outra cascata sem o mínimo fundamento que vazou nos perfis internéticos da vida foi a de proibição do som automotivo no autódromo. Que enche o saco de algumas pessoas, enche, mas aí a questão é da lei do convívio, que deveria integrar o pacote genético humano. De qualquer forma, som automotivo liberado, também.

Credenciais, bonés e camisetas

Imagem

CASCAVEL – A ideia era arquitetar algo lá no Instagram, onde estou alojado como lucmonteiro10, mas estou sem um pingo de tempo para bolar uma coisa bacana. Então, vamos no bom e irrefutável esquema de sempre.

Está lançada a primeira #PromoBLuc da etapa cascavelense da Fórmula Truck, que vai acontecer domingo e vai lotar o Autódromo Zilmar Beux. Digo primeira porque devem rolar mais algumas até o dia da largada.

A base para o resultado da promoção será o resultado geral dos treinos livres que vão abrir a programação da Truck na sexta-feira. Serão duas sessões de treinos. Vai valer o melhor tempo de volta das duas, independentemente de qual seja o piloto mais rápido. Os palpites devem ser postados no Twitter, imitando o seguinte formato:

Na #PromoBLuc do @lucmonteiro, a volta mais rápida da @Formula_Truck em Cascavel será feita em 1min00s000. http://wp.me/p3cA9N-1Zm

Não preciso dizer que, em vez de “1min00s000”, vocês devem indicar o palpite de vocês. Às vezes preciso, então está dito. Quem cravar o tempo exato da melhor volta, ou dele mais se aproximar, será o primeiro colocado, óbvio. A diferença nessas brincadeiras fica habitualmente na casa dos milésimos de segundo, seja para cima ou para baixo. O palpite que contiver a segunda menor diferença valerá o segundo lugar, para mais ou para menos, como diria a Fátima Bernardes durante as campanhas eleitorais. E assim vai, até o quarto lugar.

Os brindes da vez são dois pares de credenciais de paddock para a corrida e dois kits cedidos pelo piloto Raijan Mascarello, contendo bonés e camisetas-polo de sua equipe, a 72 Sports. E, para embaralhar ainda mais a brincadeira, vamos intercalá-los. Quem mais se aproximar do tempo da volta mais rápida da sexta-feira leva um par de credenciais. Quem cravar a segunda menor diferença em relação ao tempo que será revelado nos treinos fica com um kit do Raijan. A terceira menor diferença valerá outro par de credenciais e a quarta, adivinhem, outro kit camiseta-boné.

Imagem

Então, vamos às regrinhas de sempre. Vale só um palpite por participantes, as postagens têm de acontecer até as 23h59 de quinta-feira, todos os posts têm de conter o link e a hashtag indicados no exemplo aí de cima, o resultado da brincadeira será dado lá no Twitter na sexta-feira à tarde os contemplados têm de retirar seus brindes – sejam kits ou credenciais – comigo aqui em Cascavel até o sábado. Casos omissos no regulamento apontado neste parágrafo serão resolvidos por mim e ninguém tem nada a ver com isso.

Palpitem à vontade, portanto, e fiquem atentos ao resultado da brincadeira no Twitter na sexta-feira. Quem precisar de uma base pode recorrer à Cronomap, como sempre.

Molecada na boleia

Imagem

CASCAVEL – A chegada da Fórmula Truck a Cascavel reserva à molecada – ou à petizada, como diria minha amigona Rose Bracht – a primeira dose de diversão da semana.

Os minicaminhões do projeto “Truck Kids” estarão à disposição nesta quarta-feira, das três às seis da tarde, no circuito improvisado na praça da Catedral, marco zero da cidade. Podem participar crianças de 6 a 12 anos. Para dar uma volta ao lado de um piloto da Fórmula Truck, cada criança contribui com um quilo de alimento não perecível – a arrecadação, claro, será revertida a entidades assistenciais cascavelenses.

O Luc Jr. está bem na escola, acho que vou deixá-lo faltar à aula de amanhã para “pilotar” um minitruck, caso queira.

Tela veloz

Imagem

CASCAVEL – E as intempéricas corridas da quarta etapa da Sprint Race, disputadas no dia 21 de julho em Pinhais, serão mostradas pelo Bandsports amanhã à noite.

Com produção do Beto Borghesi, do “Velocidade Máxima”, o VT compacto de meia hora será exibido a partir das 20h30. Eu narro. A etapa aconteceria no anel externo do Autódromo Internacional de Curitiba e teve suas corridas transferidas para o circuito misto por conta da chuva – questão de segurança, sabe como é.

Senna, 14 anos depois

CASCAVEL – A Folha de S.Paulo publicou em sua versão online e o Jorjão Guirado indicou o link lá no Twitter.

Aplicando dados colhidos na telemetria, a Honda fez com que a pole de Senna no GP do Japão de 1989 fosse reproduzida em 2013, com o percurso do piloto sendo reproduzido por luzes, num cenário noturno. Está tudo no vídeo aí abaixo.

Não são fracos, esses japoneses

Na latinha

Imagem

CASCAVEL – Ok, corpo descansado da última viagem, hora de pôr a cabeça na próxima jornada. Que não vai exigir viagem, já que a etapa desta semana da Fórmula Truck vai ser aqui, no quintal de casa, em Cascavel – a foto aí de cima, que surrupiei dos arquivos do Orlei Silva, mostra a largada da corrida do ano passado.

O “estouro”, como o colega Diego Kruger define em seu dialeto todo particular, já começou. E, em meio à agenda de atribuições jornalísticas da etapa cascavelense que abre a segunda metade da temporada, já pus na agenda a narração da corrida de domingo. O inconsequente do Ivan Luiz me escalou para transmitir a prova pela Capital FM. Vamos abrir a transmissão ao vivo às 12h30, meia hora antes da largada. Estaremos no ar pelos 102,7 e também no site da Capital. O Deivid Souza estará na reportagem de pista. Desta vez o Pedro Muffato não atua como comentarista, pelo óbvio motivo de estar na pista acelerando em busca do pódio prometido.

E aos que fatalmente vão me telefonar, mandar torpedos, sinais de fumaça ou DMs no Twitter pedindo credenciais, dois avisos: primeiro, ainda hoje vou lançar aqui no blog uma promoção valendo dois pares de credenciais de paddock, serão dois contemplados, um com cada par; segundo, afora esses dois pares de credenciais, não terei arrego nenhum a fornecer aos amigos, já vou pedindo que compreendam.

Tela veloz

Tela veloz

A movimentação já começou no autódromo de Tarumã, onde hoje e amanhã acontecem as corridas da terceira etapa do Campeonato Sudameircano de Gran Turismo. A corrida de hoje terá largada às 15h; a de amanhã, às 12h30, com transmissão ao vivo pela Rede Bandeirantes – eu narro a prova, tendo o parceiro mão-de-vaca André Duek como comentarista. Antes, com largada às 11h, haverá a terceira etapa do Mercedes-Benz Grand Challenge. O SporTV vai mostrar, em um de seus três canais, as duas corridas de amanhã.

Pintando o sete

Imagem

VIAMÃO – Um dos grandes baratos da lanchonete – ops!, da lancheria – do autódromo de Tarumã é a decoração. Os quadros do Beto Torino, que têm feito sucesso no automobilismo brasileiro, estão ali, na parede, conferindo ao lugar um clima de velocidade.

O Audi R8 LMS Ultra que os irmãos Fábio e Wagner Ebrahim pilotam no Sudamericano de GT e o Mercedes-Benz C250 Turbo de Márcio Campos no Grand Challenge, dois dos carros que compõem a programação daqui no fim de semana, estão nos extremos. Entre eles, o Chevrolet Cruze com que Leandro Romera, também presente ao evento como chefe de equipe do Grand Challenge.

Plagiando o locutor sem qualquer pudor, afirmo: é a arte em estado puro.

Imagem

Novos autódromos

GRAVATAÍ – Pingaram há pouco no perfil de um grupo no Facebook esse vídeo, que fala de um “novo autódromo para o estado de São Paulo”, fazendo menção também à “região metropolitana de São Paulo”, sem no entanto precisar onde raios se pretende construir o complexo.

X-Track Motorsports, seria o nome do lugar. Uma fuçadinha básica na internet não foi suficiente para eu descobrir à qual cidade refere-se o projeto, que conta ao menos com uma razoável apresentação em 3D. Deve haver algum fundamento, ninguém se daria a tanto trabalho por nada. Omitir a cidade pode ser parte da estratégia toda, nunca se sabe.

Por falar em novo autódromo, nesta semana vazou a informação de que Cacá Bueno estaria intermediando pessoalmente a construção de um em Balneário Camboriú. “Já que foi divulgado mesmo, trabalhando a mil por hora pra ter mais uma praça esportiva de alto nível no Brasil”, escreveu o pentacampeão da Stock Car em seu perfil no Instagram. Perguntado por um seguidor sobre o motivo de não canalizar essa energia para o Rio de Janeiro, seu estado, o piloto foi enfático: “Tentei de todas as maneiras fazer algo no Rio, porém sou do esporte, não da política. No Rio infelizmente o buraco é mais embaixo”.

Sem esquecer, claro, do projeto de Curvelo, cidade mineira distante 160 km de Belo Horizonte. A iniciativa, sobre a qual o Flávio Bergmann já me falou durante horas, tem esse perfil no Facebook. Havia um site, também, acho que foi desativado, ou esqueci o endereço. Aos meus ouvidos, pelo menos, o assunto esfriou bastante de uns meses para cá.

Consistentes ou não, percebem-se muitas iniciativas para que haja novos autódromos no Brasil, enquanto outros vão sendo demolidos, sucateados ou relegados à fase negra que o automobilismo vive no país.

De modo ou outro, se alguém interessado e disposto a construir um autódromo me pedisse opinião sobre onde empreendê-lo, eu teria a resposta na ponta da língua: vá conhecer Itaipulândia, na Costa Oeste do Paraná. Se a viabilidade não fosse a esperada pelo imaginário interlocutor, ele pelo menos passaria um fim de semana num lugar bastante tranquilo e agradável.

Na íntegra: Metropolitano de Curitiba 2013, 4/8

SÃO PAULO – Apesar da Copa Bana Pneus consistir nas corridas do Campeonato Metropolitano de Automobilismo de Curitiba, foi em Londrina que os pilotos disputaram as corridas da quarta etapa, que marcou o encerramento da primeira metade da temporada.
Corridas mostradas no “Sport Brazil” do Bandsports dias atrás, em trabalho do Rossini e do Gomes que reproduzo aqui para quem ainda não viu.